EPÍLOGO

Querido Edgar, 

confesso que é estranho te escrever tanto tempo após a sua partida, mas, acontece que ontem recebi, através de tia Violeta, os quimonos que você me enviou. São de uma delicadeza e de uma beleza extraordinária. Devo dizer que fico muito feliz que você tenha lembrado de mim com tanto carinho por todos

Locked Chapter
Continue to read this book on the APP
DMCA.com Protection Status